domingo, 4 de setembro de 2011

Carta de Lord Castlereagh, Secretário de Estado da Guerra do Governo britânico, ao General Arthur Wellesley (4 de Setembro de 1808)



Downing Street, 4 de Setembro de 1808.


Meu caro Wellesley:

Acreditareis facilmente que poucos acontecimentos na minha vida, na verdade posso dizer nenhum, deram-me mais gratificação que as notícias das vossas duas esplêndidas vitórias, às quais dificilmente sei dar a preferência. A do dia 21 [batalha do Vimeiro] foi certamente a mais importante em todos os seus resultados, e teve certamente mais características de uma grande vitória; mas existem aspectos na primeira [batalha da Roliça], que não necessito particularizar, que a tornam, como feito militar, não menos merecedora de aplauso. Houve algo caprichosamente providencial no ataque que o inimigo fez sobre vós, no preciso momento que o vosso comando estava passando (e de facto passou formalmente) para outras mãos a glória dos vossos sucessos, ataque esse que a vossa moderação pessoal e o sentido de dever vos induziram a não provocar por qualquer aceleração extraordinária das vossas operações.
Haveis recebido a recompensa dos princípios que governaram a vossa conduta, numa ascensão importante de reputação militar, e haveis sulcado os fundamentos, segundo espero, duma sucessão de triunfos, tão frequentes quanto possamos levar as tropas britânicas a contactar com o inimigo em termos justos. 
Não vejo o Rei desde que o Capitão Campbell chegou. A nota que me enviou assinala como desfrutou dos vossos serviços; e soube que ele ouviu os detalhes das vossas cartas com tanto interesse e atenção que as sabe quase de cor.
Qualquer outro assunto não me pode incomodar, ao misturar-se com os indivisos sentimentos de gratidão e admiração com que vos dou os meus agradecimentos e parabéns pelos serviços que prestastes ao exército, tal como aos interesses imediatos do vosso próprio país; e estou convencido que, seja qual for o lugar que ocupeis agora no exército, as vossas qualidades enquanto oficial serão reveladas com um zelo igual como enquanto estivestes encarregado do comando supremo.
Reservo-me a escrever sobre outros pontos até uma nova ocasião. 
Sempre, meu caro Wellesley, o vosso mais sincero

Castlereagh


Sem comentários:

Enviar um comentário