segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Carta do General Wellesley ao Duque de Richmond, Lord Tenente da Irlanda (22 de agosto de 1808)


Campo do Vimeiro, 22 de Agosto de 1808


Meu caro Duque:

Sir Harry Burrard chegou aqui na noite do dia 20, mas não desembarcou, e, como sou o mais felizardo dos homens, Junot atacou-nos na manhã de ontem com toda a sua força, e nós derrotámo-lo completamente. Vereis o relatório da acção. Os franceses perderam não menos de 3.000 homens.
Desde que vos escrevi pela última vez, vim para aqui para facilitar o desembarque e reunião [do corpo] de Anstruther, o qual decorreu na manhã do dia 20. Durante a tarde chegou [o corpo de] Acland, vindo do Tejo: desembarquei-o imediatamente, e ele reuniu-se a nós antes da acção da manhã de ontem. Contudo, Sir Harry somente desembarcou quando a acção estava quase acabada. 
Apesar de termos, com a reunião de Acland, não menos de 17.000 homens, e entre 6.000 a 7.000 portugueses nas nossas vizinhanças, Sir Harry achou que estes números não eram suficientes para derrotar 12.000 ou 14.000 franceses, determinando-se a esperar pelo corpo de [John] Moore, apesar de tudo o que pude instar sobre o assunto. A acção de ontem teve, contudo, maior efeito que toda a minha eloquência, e creio que ele [= Harry Burrard] marchará amanhã. Se ele me tivesse permitido mover, na tarde de ontem, aquela parte do exército que não foi empregue na manhã, os franceses não iriam parar até que alcançassem Lisboa.
Acreditai em mim, etc.,

Arthur Wellesley


Sem comentários:

Enviar um comentário