quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Carta de Lord Castlereagh, Secretário de Estado da Guerra do Governo britânico, ao Lord Mayor de Londres (1 de Setembro de 1808)





Downing Street, 1 de Setembro de 1808.




Tenho a honra de informar Vossa Senhoria que o Capitão Campbell chegou hoje à noite com ofícios do Tenente-General Sir Arthur Wellesley, remetidos do Vimeiro, a 22 de Agosto, dando conta de duas vitórias obtidas sobre o Exército francês, em Portugal; a primeira, no dia 17, na Zambujeira, sobre os corpos avançados dos franceses, que consistiam em 6.000 homens comandados pelos Generais Laborde e Brenier, na qual os franceses foram batidos, com a perda de 1.500 homens, entre mortos, feridos e prisioneiros; a segunda, sobre a totalidade do Exército francês em Portugal, constituído por 14.000 homens, comandados pelo General Junot, na qual os franceses foram completamente derrotados, com a perda de treze peças de canhão, vinte e três carros de munições e cerca de 3.500 homens mortos, feridos e prisioneiros.
Em consequência desta acção, o General Kellermann chegou ao Quartel-General [britânico], com uma bandeira de tréguas, para tratar os termos [da capitulação].
O Tenente-General Burrard desembarcou e chegou ao campo da acção no passado dia 21, depois da batalha ter começado; porém, generosamente declinou tomar o comando de Sir Arthur Wellesley. No dia 22, o Tenente-General Sir Hew Dalrymple desembarcou, e tomou o comando.
Tenho a honra de ser, etc.

Castlereagh

[Fonte: The Times, London, September 3, 1808; The National Register, n.º 36, September 4, 1808, p. 571; Memoir, written by General Sir Hew Dalrymple, Bart., of his proceedings as connected with the affairs of Spain, and the commencement of the Peninsular War, London, Thomas and William Bone Strand., 1830, pp. 312-313; outra tradução disponível no Correio Braziliense, Londres, Setembro de 1808, pp. 294-295]. 

Sem comentários:

Enviar um comentário