quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Enseada da Maceira, segundo William Bradford




Enseada da Maceira
[actualmente conhecida como praia do Porto Novo]



A frota com as tropas comandadas pelo Tenente-General Sir Harry Burrard* ancorou em mar aberto, diante desta enseada, no dia 25 de Agosto de 1808.
Enquanto ponto de desembarque, a única vantagem que surgia deste lugar era a sua contiguidade com o campo do Ramalhal, onde o exército [britânico] tinha ocupado uma posição depois da acção do dia 21. Em relação à ancoragem dos transportes e à protecção dos barcos na aproximação à costa, [este lugar] não possuía qualquer superioridade, e, tal como toda a extensão da costa desde o Douro ao Tejo, estava exposto aos ventos de oeste e à arrebentação do Atlântico.
Pouco depois da frota surgir no horizonte, enviaram-se carros para esta enseada para serem abastecidos de provisões, os quais permaneceram durante dois dias na praia, antes de qualquer barco ter podido aventurar-se até à costa. Por fim, o tempo tornou-se mais favorável, a arrebentação diminuiu, e o desembarque começou, mas não foi concluído sem riscos consideráveis e algumas perdas.
O rio da Maceira [Alcabrichel] dá o seu nome a esta enseada, e é aqui, quando está caudaloso pelas chuvas de inverno, que encontra uma passagem para o oceano. No Verão, mal se percebe a sua corrente, e como tem pouco caudal para passar através dos bancos de areia grossa que a arrebentação formou, termina numa pequena lagoa, e desaparece gradualmente na areia.
Os primeiros exemplos de habitações portuguesas encontram-se numa aldeola [Maceira] por onde passa a estrada, a qual se encontra a uma milha e meia do mar e à mesma distância do Vimeiro. Esta [última] aldeia, que fica directamente a leste da enseada, consiste em cerca de cem casas construídas sobre uma colina, numa região parcialmente cultivada, abundante de matas de pinheiros, das quais a resina da esteva e da murta formam a vegetação rasteira e proporcionam a fragrância mais agradável.

[Fonte da gravura e do texto: Sketches of the Country, Character and Costume in Portugal and Spain, made during the Campaign, and on the Route of the British Army in 1808 and 1809. Engraved and Coloured from the drawings by the Rev. William Bradford, A.B. of St. John's College, Oxford, Chaplain of Brigade to the Expedition. With incidental illustration, and appropriate descriptions of each subject, London, Printed by William Savage, 1809, p. 1. Existe uma outra edição, de 1810, que pode ser descarregada a partir daqui].


________________________________________________________________


Nota: 


* Por "tropas comandadas pelo Tenente-General Sir Harry Burrard" deve-se entender o corpo de John Moore. Como já trás referimos, Sir Harry Burrard tinha-se destacado da frota que transportava este corpo à altura do cabo Finisterra, chegando na noite de 20 de Agosto à enseada da Maceira ou praia do Porto Novo, embora só tivesse desembarcado na tarde seguinte. 

Sem comentários:

Enviar um comentário