domingo, 21 de agosto de 2011

Extracto de uma carta do General Junot ao General Travot, Comandante Superior de Lisboa e dos fortes circunvizinhos, sobre a batalha do Vimeiro (21 de Agosto de 1808)



Campo da batalha, 21 de Agosto às 4 horas da tarde


O inimigo foi atacado esta manhã às 9 horas na posição fortificada que ele ocupava; num instante foi desalojado de todas as suas posições avançadas; tivemos desde o princípio um sucesso completo pela nossa esquerda; a nossa direita, que tinha uma grande volta a fazer, não pôde chegar tão depressa que decidisse inteiramente esta acção, que durou até às 2 horas, e que provavelmente acabaremos amanhã. As nossas valorosas tropas atacaram os redutos inimigos com uma coragem e um rancor incrível, não obstante as forças superiores do inimigo. O inimigo perdeu muita gente. Da nossa parte temos tido 150 mortos e 300 para 400 feridos. Às 2 horas tomámos posição, e estamos três léguas mais perto do inimigo, que não estávamos ontem. Nós estamos mais fortificados porque me têm chegado novas tropas assim amanhã.... O inimigo teve muitos Oficiais superiores feridos e mortos; o General em Chefe passa bem, e julga em poucos dias estar em Lisboa.

[Fonte: Gazeta de Lisboa, n.º 31, 24 de Agosto de 1808].

Sem comentários:

Enviar um comentário