sábado, 30 de julho de 2011

Proclamação do General Loison aos habitantes de Évora (30 de Julho de 1808)


Exército de Portugal 

O Conde do Império, General da Divisão Loison, Comandante do Corpo de Exército em Evora, ordena a todos os habitantes de declarar, durante o dia, os soldados espanhóis e habitantes do campo e estrangeiros de fora da cidade que se achem nas suas casas, como também de virem entregar, durante o dia, ao Palácio do Arcebispo, todas as diferentes armas, como espingardas, pistolas, chuços, espadas, isto sob pena de morte; há de passar uma revista exacta em todas as casas, campos e quintais da cidade, e se depois desta presente ordem, for achado algum dos indivíduos declarados ou algumas das referidas armas será o dono sujeito à mesma pena de morte.
No Quartel General de Évora, em 30 de Julho de 1808

Loison

[Fonte: Frei Manuel do Cenáculo Villas-Boas, Diário - 5.º Códice, fl. 112 (disponível para consulta on-line na Biblioteca Digital do Alentejo)].

Sem comentários:

Enviar um comentário