sexta-feira, 15 de julho de 2011

Carta do Marquês de Coupigny ao General Castaños (15 de Julho de 1808)



Excelentíssimo Senhor:

Tendo tido conhecimento de que os inimigos ocupavam a povoação de Villanueva [de la Reina], marchei imediatamente desde Lahiguera, enviando as tropas ligeiras às ordens de D. Pedro Grimarest, e segui com toda a cavalaria; o inimigo tinha uma excelente posição, fez um vivo fogo sobre as tropas ligeiras, obrigando-as a retroceder um pouco, pelo que vi forçado a avançar a minha artilharia enquanto manobrava para passar os vaus; com efeito, logo que viu este movimento e o acertado fogo desta tropa, o inimigo começou a retirar-se em boa ordem; continuando um vivo fogo, passei o rio [Guadalquivir] com a cavalaria, e perseguimos o inimigo até muito depois do caminho de Bailén para Andújar, acabando por retirar-se pela Serra, deixando mais de 200 mortos no campo de batalha, sem contar os feridos, tendo sido o número de prisioneiros pequeno devido ao acaloramento da nossa tropa.
Remeterei a Vossa Excelência uma relação detalhada de todos os oficiais e indivíduos que se distinguiram, particularmente os meus ajudantes. 
Deus guarde a Vossa Excelência muitos anos.
Villanueva, 15 de Julho de 1808.

O Marquês de Coupignyi

Sem comentários:

Enviar um comentário