terça-feira, 30 de agosto de 2011

Carta do General Junot ao General Dalrymple (30 de Agosto de 1808)





O General em Chefe do Exército francês em Portugal, a Sua Excelência o General em Chefe do Exército inglês em Portugal.






Senhor:


O Oficial que comanda os meus postos à esquerda de Mafra comunicou-me que a partida de reconhecimento que ele enviou esta manhã pela estrada de Torres Vedras encontrou um destacamento de tropas de Vossa Excelência, que carregou sobre ela. Não posso pensar, Senhor, que, no momento em que eu assinava a ratificação duma Convenção definitiva para a evacuação de Portugal, cuja primeira garantia era uma suspensão de armas, esta tivesse sido rompida duma maneira tão pouco conforme à lealdade do carácter conhecido das nossas duas nações. Assim, Senhor General em Chefe, suponho que houve algum mal entendido da parte do Oficial comandante das tropas de Vossa Excelência, e que sem dúvida vos parecerá necessário punir severamente uma falta que poderia comprometer interesses tão poderosos como aqueles que discutimos; os quais espero que, nesse momento, fiquem plenamente ajustados pela honra recíproca dos dois exércitos.
Rogo a Vossa Excelência o reconhecimento da garantia da minha alta estima, e de me crer, etc., etc., etc.,


O Duque de Abrantes.


Lisboa, 30 de Agosto de 1808.




Sem comentários:

Enviar um comentário