sexta-feira, 22 de julho de 2011

Carta de Lord Castlereagh, Secretário de Estado da Guerra, ao General John Moore (22 de Julho de 1808)




St. James Square, 22 de Julho de 1808


Senhor:

Penso que é justo que não deixeis a Inglaterra sem saberdes que comuniquei aos Ministros do Rei (por sentir que era meu dever e por supor que teríeis a intenção de que eu o fizesse) a queixa que me fizestes na nossa última entrevista, acerca do "tratamento deselegante e indigno" que recebestes da parte do Governo do Reino, e da minha própria parte, relativamente ao modo como as suas medidas devem ser postas em execução. 
Ao mesmo tempo, como tanto eles como eu sentem que esta queixa é infundada, tenho de garantir-vos que se as disposições do exército não estivessem tão adiantadas, de modos que pudessem ser desfeitas sem prejudicar consideravelmente o serviço de Sua Majestade, teríamos razões da nossa parte para humildemente aconselharmos Sua Majestade para desobrigar-vos duma situação na qual pareceis considerar-vos como tendo sido colocado sem a devida atenção aos vossos sentimentos enquanto oficial.
Ademais acrescento que se julga ser adequado que Sua Majestade seja informada da queixa que haveis feito, juntamente com os sentimentos dos funcionários de confiança de Sua Majestade.
Tenho a honra de ser o vosso mais servo mais obediente e humilde,

Castlereagh


_______________________________________________________________

Nota: 

Para maior compreensão desta carta, veja-se um excerto do diário John Moore adiante publicado.

Sem comentários:

Enviar um comentário