quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Carta do Bispo do Porto a D. Miguel Pereira Forjaz, Brigadeiro Ajudante General do Exército português (10 de Agosto de 1808)



Na grande confiança que Vossa Excelência  tem em Deus Nosso Senhor, lhe considero o maior socorro nos seus grandes e incessantes trabalhos e no que eu puder concorrer para o mesmo fim, não faltarei.
Joaquim de Castro ou entendeu mal ou não disse bem; Vossa Excelência o conhecerá assim logo que ele volte da Beira. Ele está incumbido da Inspecção das Milícias, de que Vossa Excelência o incumbiu; somente lembrou que seria conveniente algum título que o fizesse reconhecer como tal, porque o mero facto poderá não ser bastante.
Isto foi o que ocorreu e nada mais.
Deus guarde a Vossa Excelência muitos anos.
Porto, 10 de Agosto de 1808.
De Vossa Excelência muito obsequioso e obrigado,

Bispo, Presidente e Governador

[Fonte: Luís Henrique Pacheco Simões (org.), "Serie chronologica da correspondencia diplomatica militar mais importante do General Bernardim Freire de Andrade, Commandante em Chefe do Exercito Portuguez destinado ao resgate de Lisboa com a Junta Provisional do Governo Supremo estabelecido na cidade do Porto e o Quartel General do Exercito Auxiliar de S. Magestade Britanica em Portugal", in Boletim do Arquivo Histórico Militar - Vol. I, Lisboa, 1930, pp. 153-227, pp. 174-175 (doc. 11)].

Sem comentários:

Enviar um comentário