terça-feira, 26 de julho de 2011

Carta do General Wellesley ao Major General Spencer (26 de Julho de 1808)



H.M.S. Crocodile, na barra do Tejo, 26 de Julho de 1808 


Senhor: 

Tenho a honra de ter recebido as vossas cartas dos passados dias 15 e 16. 
Como as instruções que recebi dos ministros de Sua Majestade ordenam-me expressamente a fazer um ataque sobre as tropas francesas no Tejo, se achar que a força debaixo do meu comando é suficiente; como estas instruções foram planeadas de acordo com as instâncias das Juntas da Galiza e das Astúrias; como a Junta da Galiza, com a qual me comuniquei há poucos dias na Coruña, pressionou-me novamente a pôr em execução o objectivo dessas instruções; e como, acima de tudo, estou convencido que o modo mais eficaz pelo qual a Grã-Bretanha pode servir a causa espanhola é expulsando os franceses de Portugal, e assim tornar este reino no ponto de comunicação entre o norte e o sul da própria Espanha, não posso evitar de vos instar embarcardes as tropas debaixo do vosso comando assim que receberdes esta carta,  e dirigir-vos para o Tejo, onde recebereis mais ordens minhas. 
Se ao receberdes esta carta estiverdes ocupado em algumas operações activas, cuja renúncia pode causar, segundo o vosso julgamento, o prejuízo da causa espanhola, não obedecereis a esta ordem, mas antes continuareis tais operações; mas se não estiverdes realmente ocupado e puderdes embarcar como vos ordeno, tereis o cuidado de revelar à Junta de Sevilha os motivos pelos quais os ministros de Sua Majestade foram induzidos a fazer um esforço para retirar o Reino de Portugal do poder dos franceses, bem como as razões pelas quais penso que serão fomentados mais eficazmente os interesses e fins da nação espanhola continuando a pôr em execução as ordens que recebi, tal como vão detalhadas na primeira parte desta carta. 
Tenho a honra de ser, etc. 

Arthur Wellesley 

[Fonte: Lieut. Colonel Gurwood (org.), The Dispatches of Field Marshal the Duke of Wellington, K. G. during his various campaigns in India, Denmark, Portugal, Spain, the Low Countries, and France, from 1799 to 1818 – Volume Fourth, London, John Murray, 1835, p. 32]. 




Sem comentários:

Enviar um comentário