sábado, 27 de novembro de 2010

Documentos relativos à administração espanhola no sul do país (II)


Continua-se neste ponto a segunda parte da documentação encontrada relativa à administração do sul do país, ocupado pelas tropas do General Solano. A primeira parte pode ser consultada aqui.


No dia 6 de Janeiro de 1808, foram enviadas as seguintes ordens aos corregedores das províncias a sul do Tejo, provavelmente escritas pelo punho do juiz espanhol D. Juaquín María Sotelo. O objectivo era aliviar-se e aligeirar-se a justiça de processos demorados e supérfluos:






No dia 14 de Janeiro, novas ordens foram comunicadas aos mesmos destinatários. O objectivo agora era que se dividissem todas as localidades em pequenas secções, e em que cada uma destas se encontrasse uma pessoa respeitável e reconhecida, para que com a sua autoridade contribuísse para o sossego público:







A 25 do mesmo mês, o Marquês del Socorro emitiu a seguinte proclamação sobre deserções: 







Já no dia 28 de Janeiro, era a vez do Juiz mor D. Juaquín María Sotelo escrever as seguintes instruções para agilizar a justiça:





[Fonte: Collecçaõ de Decretos, Editaes, &c. &c. &c., Lisboa, Typografia Rollandiana, 1808].


Sem comentários:

Enviar um comentário